sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Se eu fosse você...


"I wish you'd never forget the look on my face when we first met" (Kate Nash)

Se eu fosse você eu sonharia com o casamento perfeito. Teria dois filhos, uma cama de casal, moraria no Leblon e escrevia o maior sucesso de vendas literário. Talvez uma trilha num final de semana ou uma praia com aquele pôr-de-sol na Bahia. Um cineminha em plena segunda de noite para começar a semana bem. Aquecer sua mão na minha, fazer carinho, sentir encanto.

Se eu fosse você eu diria todo dia que o melhor é não se prender. Mas diria também que quando o coração acelera é porque valeu a pena. Ou valerá! Tudo uma mera questão de tempo. E talvez sentir saudade é mais angustiante que não ter do que lembrar.

Se eu fosse você apertaria o player do som e dançaria a música da sua vida. Gritaria tudo que está preso na garganta. Nada mal fazer daquele sofá um palco de show, não? E talvez até alguém como espectador para completar a noite.

Se eu fosse você eu esqueceria os amores do passado, mudaria de cidade amanhã e tentaria ser feliz de outra forma. Outro ângulo do quadrado? Uma janela de ônibus me liberta. Ou me prende de vez. Atravessaria a ponte olhando pra baixo e veria que do meu lado tem alguém me protejendo.

Se eu fosse você eu seria exatamente assim.
Singelo, interessante, talvez indefinível,
mas cativante o suficiente para prender.

Texto de Patrick Moraes

7 comentários:

Érian disse...

Melldelsss...
amei....
mto mto...
tah lindo o texto Pétrick!!!
bjãoo!

Raisa disse...

que lindo!

Bruno (de mim para mim) disse...

o rapaz tem talento... vou passar sempre por aki . gosto de ler coisas agradáveis... sou um feto ainda nessa arte, mas gosto msm .

Lailla. disse...

Coleguinha mais que lindo!!
Lembrei de você dia desses, por isso vim aqui te visitar! Volta logoo! Quando eu ler seu texto todo eu comento, mas eu vim aqui só pra matar a saudade de visitar seu blogg! xD

Ryan disse...

Eu sei que tem muito tempo que eu não visito o seu blog. Aliás, tem muito tempo que eu não visito o meu blog. Acho que de certa forma isso não deve contecer, pois é ali que tenho o meu bate papo comigo mesmo! Saudades de você amigo, e ve se não me deixa ficar sem postar... Puxa a minha orelha, pois quero continuar com a minha produção textual diária ;D

Um grande abraço

Ryan disse...

Lembrando que eu troquei o meu endereço!


lixoconstrutivo@blogspot.com

Bєηjαмiη disse...

Se eu fosse você , continuaria assim, coeso nas ligações mais impossíveis...
Na metamorfose que se percebe como em cada páragrafo novo...
_assim , necessitado de se fazer compreender, ao menos num texto...